Governo DILAFLOR já tem 125 cargos apaniguados e despesa com salários teve crescimento superior a R$ 55 mil em abril

Falta dinheiro para a inauguração de unidades de saúde, para a compra de medicamentos, para a realização de obras e até para a realização da Virada Cultural em Araçatuba este ano. No entanto, o que não falta na prefeitura é dinheiro para servidores apadrinhados e para as famigeradas gratificações concedidas a ilustres servidores de carreira que se destacam nas suas respectivas atividades conforme avaliações da administração municipal, de vereadores ou de pessoas interessadas no bom relacionamento entre Executivo e Legislativo.

Prova disso é o crescimento nos gastos com folha de pagamento no mês de abril, o quarto da gestão DILAFLOR – essa que está aí, formada pelo cimenteiro Dilador Borges (PSDB) e pela defensora dos direitos humanos, da ética, da moralidade e da legalidade, Edna Flor (PPS), pré-candidata a deputada estadual nas eleições de 2016 – em comparação com março. O gasto líquido com apaniguados AUMENTOU de R$ 615.407,57 para 670.615,84. Uma diferença de R$ 55.208,27.

O gasto bruto com os apaniguados do governo DILAFLOR saltaram, de março de 2017 para abril, de R$ 822.505,24 para R$ 875.677,97 sem o desconto de encargos trabalhistas. Já a folha de pagamento de todos os funcionários da Prefeitura de Araçatuba também teve um crescimento considerável e muito disso se deve à distribuição de gratificações a servidores de carreira do município.

Neste caso, a folha de pagamentos líquida em abril foi de R$ 9.515.882,48 enquanto no mês passado a despesa chegou a R$ 8.957.218,28. Se for analisado o montante pago aos trabalhadores do município incluindo encargos, de um mês para o outro a despesa saltou de R$ 14.943.434,42 para R$ 15.378.325,74.

São números que mostram que o governo municipal, que tanto usa o discurso da economia e coisas relativamente pequenas, como por exemplo contas de celulares corporativos, está descobrindo um santo e cobrindo outros. Sem levar em consideração que Dilador e Edna praticamente não cumprem a promessa de redução de cargos e despesas com funções comissionadas na administração municipal. Hoje, os dois tem apenas 12 apaniguados a menos que o governo do antigo prefeito Cido Sério (PT).

É o tipo de administração que, em termos de gastos com apaniguados políticos, gente colocada em cargos na Prefeitura para cumprir compromissos de campanha e garantir incondicionais apoios no Legislativo, age apenas para inglês ver. Lamentavelmente.

VEJA RELAÇÃO DE APANIGUADOS E SALÁRIOS DO GOVERNO DE DILADOR E EDNA FLOR:

 

Compartilhe

Política e Mais

Informações sobre os bastidores da política em Araçatuba e Região e assuntos relevantes aos internautas, como economia, negócios, cultura, esportes, polícia e lazer.